sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

A Proposta do Marcelo. Qual será?



Há data da implantação da República foram inúmeros os artistas, da época, que quiseram esculpir bustos da república. Mas, segundo rezam os canhenhos, o busto oficialmente adoptado foi obra de João da Nova, pseudónimo do escultor João da Silva. O pseudónimo de João da Nova foi adoptado pelo escultor, dado o facto de regularmente assinar artigos na revista Seara Nova. O busto da República foi inaugurado por Afonso Costa em Outubro de 1911.
A mulher que serviu ao escultor de modelo para o busto, morreu em Lisboa no início da década de 90 com a provecta idade de 101 anos. Era natural do concelho alentejano de Arraiolos. Seguramente, antecessora dos que algumas décadas mais tarde percorreram o mesmo caminho na busca de uma vida menos madrasta, ganhou o pão e a farpela em Lisboa com a profissão de costureira. Obviamente, seria uma mulher lindíssima!


Marcelo Rebelo de Sousa "gostava" de ver propostas de novo busto da República

Madrid, 19 Fev (Lusa) - O comentador político Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que gostava de saber que propostas seriam avançadas para uma eventual alteração ao busto da República.

"Eu ouvi que a Joana de Vasconcelos tinha proposto uma mudança em relação ao busto da República. Em França, houve e foi substituído o busto tradicional pelo busto da Brigitte Bardot", afirmou à Lusa em Madrid.
"Não queria entrar nesses pormenores que são de natureza estética, mas gostava de perceber qual era a ideia da Joana Vasconcelos em relação ao busto proposto para a República. Em França foi a Brigitte Bardot. Gostava de saber quem propunha o quê para o busto de Portugal", afirmou.
Questionado sobre se gostaria de avançar alguma sugestão, Rebelo de Sousa foi enfático: "Não tenho nenhuma sugestão a apresentar", disse.
Esta semana, a artista plástica Joana Vasconcelos afirmou à Lusa considerar que o busto da República deve ser alterado por estar "bastante desatualizado" porque "a figura da República é a figura de uma época. Simboliza as mulheres de uma época e está muito ligada à escultura clássica europeia".
Confrontado pela Lusa com a mesma pergunta também em Madrid, Antonio Vitorino, limitou-se a um largo sorriso, sem palavras. Perante a insistência, e referindo-se a esse sorriso, limitou-se a acrescentar: "eu já respondi".
Ao contrário do que tem acontecido em França, onde a efígie tem sido modificada ao longo dos tempos, inspirada em figuras públicas - como foi o caso de Brigitte Bardot, e, mais recentemente, Laetitia Casta - o busto português vai continuar inalterado.
O busto da República mais difundido em Portugal foi o da autoria do escultor José Simões de Almeida (1880-1950).

Ora então, ninguém se quer manifestar?
Pois o Mar de Areia não tem medo e deixa-lhe aqui algumas propostas. Ok. Professor?




















E que tal. Ha?

Mar de Areia

Sem comentários:

Enviar um comentário

Loading...

Concorda com a lei das finanças Regionais?